Alex Atala e os ‘ingredientes’ da sua trajetória de sucesso

Untitled-5

Na sua casa ele foi o único a sair ruivo entre os quatro filhos, o que causava a estranheza em entender o que ele era, qual seu lugar e sua função nesse mundão. Alex Atala é hoje a personificação do sucesso brasuca que não é referente à grande mídia, esportes, cinema, literatura. O chamam de Chef, mas ele mesmo se diz cozinheiro.

atala 2

Já na adolescência tomou as rédeas da vida e começou seu caminho trabalhando fora. Nessa época a interrogação da vida lhe levou ao PUNK e a trabalhar como assistente de DJ na extinta boate ROSE BOM BOM (SP). Pelos caminhos da vida resolveu rumar para a Europa, atrás de conhecimento e de si mesmo, e a vida como a caixinha de surpresas que é, lhe trouxe a resposta. Entre uma parede e outra pintada, o visto de permanência vencendo e lá foi ele acompanhar um amigo em um curso de culinária. Mais do que qualquer receita elaborada ou ingrediente exótico, nesse momento a vida lhe apresentou a gastronomia,  o que continuava não parecendo seu lugar no mundo.

atala1

Tatuagens, punk, brasileiro na Bélgica, quão diferente pode parecer essa mistura de ingredientes 20 anos atrás? Nas palavras de Alex, talvez haja o melhor dos motivos para se apaixonar: “Era muito mais legal cozinhar do que pintar paredes, e ano a ano eu me apaixonava mais por esta profissão”, conta. Quando há paixão naquilo que temos que fazer, tudo se torna mais fácil. Você já deve ter ouvido isso, certo? Mas, há que se separar aqui dois pontos: a predileção em trabalhar com o que se gosta e o oportunismo sobre situações que a vida nos oferece, e a  oportunidade de fazer algo que fosse simplesmente mais legal do que a situação anterior. Isso despertou nele amor a sua profissão, vontade de fazer daquilo sua vida.

Alex então se encontrou. Cumpriu o VENI, VIDI, VICI, e agora como um cidadão do mundo, mostra a todos a bandeira do Brasil com muito orgulho. Em seu estilo culinário está estampada a cultura amazônica, a mandioca, caldo de tucupi, farinhas mil, e tudo referenciando o seu país; o seu lugar. “Comida é cultura, patrimônio nacional”.

alex-atala-dom

Sinônimo de sucesso, o grisalho ruivo está com seu restaurante D.O.M., entre os 10 melhores do mundo, representando o Brasil. Sua história mostra que quando a gente se encontra em algo legal, independente de renome internacional, grana ou prêmios, a gente fica feliz. Não.  Esse não é um texto de autoajuda. É uma historia de sucesso sim, que não serve como uma receita, apesar do tema.

Compartilhe esse post: