Férias, cadê você?

ferias-cade-voce

Pois é, ouço muita gente dizendo: “nossa, esse ano passou muito rápido!” ou então “Olha só, 2016 já está no fim!” Essas declarações são bem interessantes, pois mostram que realmente o tempo está “voando” para todos nós.

Porém, quando o assunto é descanso, feriado, final de semana, todos são unânimes em dizer que demoram demais para chegar! E as maravilhosas, lindas, deliciosas e tão esperadas FÉRIAS então?

Você já parou para pensar nisso? Porque nossos períodos de descanso e curtição demoram tanto para chegar? E quando chegam, passam tão rápido que mal percebemos. Curioso, não é?

acabou_se_o_que_era_doce-960x360

Mas tudo isso tem uma explicação lógica. Em primeiro lugar, o final de semana, ou um dia de feriado é bem menor do que uma semana inteira de trabalho (sério?). Este é o primeiro motivo pelo qual nos queixamos de acabar tão rápido.

O segundo ponto, é que quando esperamos ansiosos por algo, ou alguma data, por exemplo, ficamos fixados nos dias e nas horas, e isto faz com que elas aparentemente demorem a passar. E quando estamos na animação e curtição no período de lazer, nos desligamos das horas e dos dias, por isso não vemos o quão “depressa” ele se vai.

Parece meio óbvio, e um tanto idiota escrever sobre isso, mas eu não vim reinventar a roda, minha pretensão é deixar algumas dicas para que você sofra menos nos dias que antecedem o descanso, e outras para que aproveite melhor as horas de lazer.

Quando você estiver planejando algo para o final de semana, ou um feriado prolongado, ou até mesmo suas férias, evite contar os dias, pois isso gera MUITA ansiedade e faz com que seu cérebro processe a informação de que os dias estão demorando passar. Se preferir manter um controle, deixe para fazer isto na ultima semana, mas deixo um alerta: isso não te ajudará em nada!

contando-os-dias

Sempre precisamos nos desligar do trabalho de forma saudável, muitas vezes tendo que deixar alguns serviços preparados para durarem o período que estivermos ausentes. Desta forma, planeje-se com base nas datas que você tem disponível para cada atividade, e evite deixar serviços para ultima hora, pois você estará ansioso e pode fazer mal feito.

Agora, durante o período de folga, férias, lazer, programe seus dias e suas atividades, de forma a aproveitar bem cada instante. Imprevistos acontecem e é sempre bom mudar a rotina, mas não deixe que a ilusão de fazer milhares de coisas te frustrem ao final, quando perceber que não conseguiu fazer nem a metade do que havia planejado inicialmente.

Tenha consciência de uma coisa: não nascemos para descansar! O repouso é necessário após um período de esforço, portanto, foque no seu trabalho de forma prazerosa, e planeje bem suas folgas para não “descansar carregando pedras”.

Compartilhe esse post:

Luiz Rigo

Formado em Psicologia e pós-graduado em Neuropedagogia. Vivo cada desafio de foma unica, inclusive o de Não Empreender.

More Posts - Website